20 de junho de 2013

  "E era confortador pensar que ela e Will tinham mais uma coisa em comum. Ela se perguntou se algum dia chegaria uma hora em sua vida em que não pensaria nele; em que não conversasse com ele em sua imaginação, em que não revirasse cada momento que tinham passado juntos, em que não desejaria ouvir sua voz, sentir suas mãos e seu amor. Ela jamais havia sonhado como seria amar tanto alguém; de todas as coisas que lhe haviam causado espanto em suas aventuras, essa era a que mais a espantava. Pensou na terna sensibilidade que deixava em seu coração que era como um machucado, uma dor que nunca iria embora, mas que ela manteria viva na memória com carinho para sempre."


A Luneta Âmbar,
terceiro volume da trilogia "As Fronteiras do Universo" de Phillip Pullman.
Página 619.

15 de junho de 2013

Sei que é clichê mas esse livro fez parte da minha infância e me ensinou muitas coisas, inclusive a amar os livros. *-*


9 de junho de 2013

Andei Lendo #25 A Inclinação Certa da Luz

Título: A Inclinação Certa da Luz

Autor(a): Laura Whilcomb

Editora: Graphia, 1º Edição 202 páginas

Sinopse: Na classe do professor de Inglês que ela tem assombrado, Helen os sente: pela primeira vez em 130 anos, olhos humanos estão olhando para ela. Eles pertencem a um garoto, um garoto que não parecia notável até agora. E Helen está apavorada, mas intrigadamente atraída por ele. O fato de que ele está em um corpo e ela não apresenta a esse improvável casal o seu primeiro desafio. Mas como os amantes lutam para encontrar uma maneira de estarem juntos, eles começam a descobrir os segredos de suas vidas anteriores e dos jovens que venham a possuir.


#Resenha


Esse livro me surpreendeu. Não esperava de forma alguma o rumo que ele tomou e fiquei encantada.

Helen é fantasma a aproximadamente 130 anos. Depois de se livrar do inferno, ela aprendeu a se apegar à pessoas como hospedeiros. Ela não pode realmente tocá-los ou falar com eles, mas as vezes até consegue inspirá-los.  Cada vez que um morre ela tem que encontrar outro hospedeiro, e assim ela “viveu” todo esse tempo. Agora ela está com o Sr. Brown, um professor de inglês. Ele era ainda jovem quando ela se pegou. Depois de tanto tempo, ela simplesmente não acredita quando um dos alunos do Sr. Brown começa a enxerga-la. Parece mentira, mas ele realmente a acompanha com os olhos e consegue ouvi-la. Desse cenário tão irreal, surge um amor impossivelmente lindo e forte. É pura poesia. O redescobrimento do amor, da oportunidade de uma nova vida, de aprender a lidar novamente com pessoas e com uma família, com problemas e defeitos. Aprender a enfrentar sozinha, e ao mesmo tempo não, seus medos e pecados. Seu inferno pessoal. Aprender e se perdoar e dar uma chance a si mesma, a felicidade. A ajudar as pessoas ao redor simplesmente porque elas precisam. Tudo nesse livro é apaixonantemente lindo, é um livro maravilhoso mesmo! Tive uma surpresa incrível com essa leitura e vou me lembrar sempre dessa história.


• Classificação: Ótimo! ♥

8 de junho de 2013

#Trechos #O Plano Perfeito



"Querido diário: Foi um lindo casamento. A esposa de Oliver é muito bonita. Usava um adorável vestido de noiva branco, de renda e cetim, com frente única e um bolero. Oliver parecia mais bonito do que nunca. E dava a impressão de estar muito feliz. Eu fico satisfeita.
Porque antes de acabar com ele, vou fazê-lo desejar nunca ter nascido."

O Plano Perfeito, página 31
Sidney Sheldon

7 de junho de 2013

Andei Lendo #24 Lola e o Garoto da Casa ao Lado

Título: Lola e o Garoto da Casa ao Lado

Autor(a): Stephanie Perkins

Editora: Novo Conceito, 1º Edição 288 páginas.

Sinopse: A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro. Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.



#Resenha

Resolvi ler esse livro porque ouvi falar muito bem dele, então...
Infelizmente não consegui ver nele o que tanto encantou outras pessoas. Lola se veste diferente e está sempre com uma identidade e uma peruca diferente, mora com seus pais gays e tem um namorado 4 anos mais velho. Isso é um grande problema. Mas maior ainda é o fato de que seus antigos vizinhos resolveram voltar para a casa ao lado. Ela não tem realmente boas lembranças dos gêmeos Bell, Calliope começou a menospreza-la muito tempo atrás e Tricket, bem ela não quer realmente ter que ver os dois de novo. Mas assim que ele entra em sua vida novamente as coisas começam a mudar drasticamente.

Sinceramente, achei a personalidade de Lola muito forçada e artificial. Suas especulações eram extremamente cansativas, coisa de criança besta mesmo. O fato de ela não gostar de Cricket não foi explicado por muito tempo, o que deu a ela um ar meio infantil, com raiva de um romance da infância. Depois de explicado eu entendi um pouco, mas realmente não foi um motivo bem elaborado, na verdade não é uma história bem elaborada. Muito simples e cansativa. O namorado dela, Max, era uma personagem que me dava arrepios por me lembrar de alguém que já conheci certa vez. O cara durão, que vive a vida como se fosse só hoje, que só pensa no namoro como alguém que está por perto agora, mas que pode ir a qualquer momento. O cara que sai com os amigos, e que fuma maconha. Que não se esforça na frente dos amigos ou da família para realmente merecer a namorada. E ele realmente mostrou toda essa personalidade bem elaborada, talvez o único do livro. Ele era o tipo de bad boy que não faz ninguém ficar suspirando atrás do livro. Cricket é o garoto fofo, que ama tanto quando apoia e é amigo. Foi um personagem muito agradável, gostei dele de verdade, mas em nenhum momento do livro eu tive todo esse amor que vi em tantas resenhas e comentários. Até que o final foi interessante, a personalidade de Lola se fixou mais um pouco, ela deixou de parecer tão infantil e eu comecei a ver ela por outro ponto de vista. Ainda assim não gostei realmente do livro.

• Classificação: Regular!

5 de junho de 2013

Andei Lendo #23 Anjo da Escuridão

Título: Anjo da Escuridão

Autor(a): Sidney Sheldon

Editora: Editora Record, 2º Edição 400 páginas

Sinopse: Um rico negociador de artes é brutalmente assassinado em sua mansão em Hollywood Hills. No chão do quarto, uma verdadeira cena de horror: Andrew Jakes está amarrado ao corpo nu de sua jovem e bela esposa, violentamente espancada e estuprada. O detetive Danny McGuire, comovido com a tragédia da linda e vulnerável mulher, empenha-se na busca do culpado. Mas todos os seus esforços mostram-se em vão e Angela Jakes desaparece misteriosamente depois de doar sua milionária herança. Anos depois, Danny está casado e trabalha como agente da Interpol na França quando é procurado por Matt Daley, filho do homem cruelmente assassinado. Danny não hesita em seguir as promissoras evidências que apontam para um único suspeito: uma brilhante assassina que está sempre um passo à frente de todos e que pode estar a um triz de encontrar sua nova vítima.


#Resenha

Esse é mais um título que Tilly Bagshawe ajudou a escrever e, levando em consideração “Depois da Escuridão”, acho que ninguém mais no mundo poderia escrever os títulos de Sheldon, ela tem o mesmo senso de mistério e finais terrivelmente reais que ele. Posso dizer que foi mais um livro dele que me entreguei de corpo e alma. Conta a história de um policial que presencia a cena de crime mais aterrorizante de sua vida: o corpo mutilado e sem vida de um velho colecionador de arte amarrado ao de sua linda e jovem esposa, que foi brutalmente violentada. Por mais que o detetive Danny tente desvendar esse crime e justiçar a bela viúva nenhuma prova é concreta e dias depois a viúva some sem deixar rastros. Durante dez anos Danny vive perseguido pela sombra de um crime não desvendado e de uma jovem e bela mulher que mexeu e muito com seus sentimentos. Agora ele trabalha para a Interpol, é casado e vive muito bem na França, até que o filho daquele velho assassinado surge em sua vida com indícios que outros crimes parecidos aconteceram em vários lugares do mundo ao longo daqueles anos. O desejo de desvendar esse crime cresce novamente em Danny e ele move policias de cidades inteiras em várias partes para poder pegar esse assassino louco. Mais uma vez é um livro surpreendente, daqueles que faz você pensar nele 24h por dia e desejar terminar logo só pra saber qual o mistério dessa historia incrível. Os segredos vão sendo revelados aos poucos e quanto mais páginas você lê mais envolvido fica, o final é revoltantemente bom, fiquei com um sentimento inacabado quando terminei o livro e me deu uma vontade absurda de bater em Sheldon e Bagshawe! Mas nem por isso deixou de se tornar um dos meus livros favoritos.

•Classificação: Ótimo!

3 de junho de 2013

Andei Lendo #22 O Plano Perfeito

Título: O Plano Perfeito

Autor(a): Sidney Sheldon

Editora: Editora Record, 20º Edição 301 páginas.

Sinopse: Para Oliver Russell, não existe prazer que se compare à sensação de poder. Mas quando chegar à Presidência dos Estados Unidos, saberá que poucas coisas podem ser mais devastadoras para as suas ambições políticas que o desejo de vingança de uma mulher traída. O plano perfeito narra a história de paixão, poder, traição e desforra envolvendo a publicitária Leslie Stewart e Russell, que a abandonara para se casar às escondidas com a filha de um senador influente do Kentucky, estado pelo qual se candidatou ao governo. 


#Resenha

Uma mulher obstinada por vingança, um homem obstinado por poder.

Mais uma vez Sidney me surpreendeu com uma história que me fez entrar de cabeça, e me fez desejar vingança como se tudo tivesse acontecido com uma amiga minha. Leslie Stewart é uma inteligente e linda mulher que sempre lutou para ser alguém na vida, traumatizada por ter sido abandonada pelo pai quando criança e vendo sua mãe definhar de tristeza e solidão, ela nunca se envolveu de verdade com nenhum homem, até que ela conhece Oliver Russell. Ele um homem bonito, inteligente e ambicioso que está se candidatando ao governo do Kentucky. Recentemente abandonado pelo melhor apoio que tinha, Oliver precisa de boa publicidade e procura a agencia em que Leslie trabalha. Encantada pelas ideias de Oliver, Leslie se apaixona e entrega seu futuro nas mãos dele. Porém, na semana do casamento, movido por uma ambição suja, Oliver abandona Leslie e se casa com a filha do Senador Davis, filha que tinha terminado com ele apenas meses antes e que por isso ele tinha perdido todo o apoio financeiro que precisava em sua campanha. Agora, governador do estado do Kentucky, o desejo de Oliver é chegar a Casa Branca, desejo esse que Leslie pretende de todas as formas destruir. Outro ponto importante neste livro é que ela conta a história de Dana Evans, a mesma personagem de "O Céu Está Caindo", outro título de Sheldon. Foi interessante conhecer a história dela! A corrida pelo poder, por informações que possam destruir uma pessoa, o mundo da politica e da imprensa, as ideias de uma mulher extremamente inteligente movida por um sentimento destruidor, os segredos de um homem importante, tudo nesse livro é empolgante, a là Sidney Sheldon. Eu me envolvi nesse livro de uma forma que torcia a cada página por vingança e mais vingança. O final é SURPREENDENTE! Só do jeito que Sidney consegue ser! Mais um livro incrível dele que eu leio e recomento completamente!

• Classificação: Ótimo!