4 de agosto de 2011

;D

Já que vocês gostaram do post anterior, eu vou fazer um pequeno resumo do autor e da obra.

O escritor norte-americano Sidney Sheldon (1917-2007) era um adolescente pobre na Chicago dos anos 1930 e trabalhava numa drogaria quando resolveu participar de um programa de calouros que acabou conduzindo-o a Hollywood, onde passou a revisar roteiros.
Depois de prestar serviço militar durante a Segunda Guerra Mundial, Sheldon começou a escrever musicais para a Broadway e roteiros cinematográficos. O sucesso das peças facilitou seu acesso aos estúdios de cinema e o aproximou de astros como Frank Sinatra, Marilyn Monroe e Cary Grant.
Na TV, os seriados Nancy, Casal 20 e Jeannie é um génio levaram sua assinatura. Em 1969, Sidney Sheldon publicou seu primeiro romance, A outra face, e a partir de então seu nome se tornou sinonimo de best seller.Foi o único escritor que recebeu três dos mais cobiçados prémios da industria cultural norte-americana: o Óscar, do cinema, o Tony, do teatro e o Edgar Allan Poe, da literatura de suspense.
Vendeu 300 milhões de livros em 180 países, traduzidos para 50 idiomas, além de 250 roteiros para televisão, 25 filmes e seis peças para a Broadway.

Nada Dura Para Sempre se passa em São Francisco e conta a historia de 3 mulheres inteligentes (Como são todas as principais personagens de Sheldon) que lutam para realizar o sonho se serem medicas. Eu ainda não li tudo, mas a trama se passa ao redor do julgamento da Dra. Paige Taylor que comete eutanásia ilegal. Até ai tudo bem, já que ela disse que o paciente tinha pedido isso e ele estava sofrendo muito de dor. Só que o mesmo paciente deixa em seu testamento 1 milhão de dólares para ela. No começo do julgamento eu achei ela muito fria e é até normal desconfiar que ela fez isso unicamente por dinheiro, mas no decorrer da historia, você a conhece melhor e percebe que ela não é o tipo vilãsuperinteligente que ele gosta de escrever. Ele conta a historia de cada uma antes de se conhecerem, e cada uma tem um grande problema em seu passado, que se reflete muito na personalidade de cada uma no presente. Têm que lutar contra o preconceito de serem mulheres e médicas e uma delas é negra e as coisas são bem mais difíceis pra ela. O livro é incrível, como todos os outros dele, eu recomendo! É impossível não se viciar nele, e nas personagens, geralmente mulheres, SUPER inteligentes e de carater que ele cria.

Bem, é isso. Se alguém se interessar em ler, ou já tiver lido, deixa o comentário e me conta o que achou! ;D

2 comentários:

Obrigada por comentar, volte sempre! *-*