25 de maio de 2011

- 26 de Maio

  Não é bem medo, é aquela certeza, aquela espera, por algo que eu não quero que aconteça, mas que inevitavelmente vai acontecer. Horas trocadas, compromissos diferentes, distancia inconveniente, e apenas um amor em comum.
 Se o que todo mundo mais procura na vida é um grande amor, alguém a quem se possa contar segredos sem medo, alguém que possa nos abraçar na noite fria, que nos ame sem restrições, sem duvidas. Te encontrei enfim, e vou te ver partir antes mesmo de chegar.
  Sei que as coisas são como tem que ser, mas porque têm de ser tão ruins?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, volte sempre! *-*