22 de abril de 2011

   Eu não sou uma garota comum, não sou como imagina. Eu já não tenho coração, palavras e gestos não me conquistam. Na verdade duvido que meu encanto por alguém dure mais de que 3 meses. Sou fria e cínica. Irónica, não espere compaixão. Não acredito em tudo que dizem, não acredito em quase nada. Olho em seus olhos, esperando uma ponta de mentira. Eu magoou as pessoas, mesmo que não seja por querer, e não há nada pior que a magoa, principalmente se você for a culpada. Eu não sei amar. Mas sei magoar. Cometo erros, sempre os mesmo. Aprendi com o passado e evito repetir, mas em vão. Me arrependo de quase tudo que já fiz, mas não consigo me perdoar, muito menos esquecer. Eu sou triste, solitária, no meio de uma multidão. Eu choro de tristeza e sorrio por orgulho. Há músicas que ainda me machucam, e eu não aprendi a dizer não. Eu até vivo, mas eu não sinto nada. Nada. Infelizmente aprendi a ser assim.
  Mas meu coração ainda bate forte. Até demais.
  E sempre que penso em ser feliz, é você quem me vêm a cabeça.


  Me desculpa.



4 comentários:

  1. è estranho quando vemos que a felicidade pode vir de outra pessoa né?!

    ResponderExcluir
  2. Manda seu msn pro meu email?
    morgannacarvalho.e.castro@gmail.com
    Beijos flor

    ResponderExcluir
  3. E somente daquela pessoa...
    Jaa mandeei!
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  4. exatamente, somente daquela pessoa... Parece que ela nasceu pra ser a nossa metade, nos completar trazendo a felicidade da gente.. È triste as vezes... Mas é lindo isso!! Obrigada, já add!!
    Beijos querida!!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, volte sempre! *-*