2 de março de 2011

É, são coisas da vida..

  E, novamente você volta.
  Tenho de me esforçar pra tirar você da cabeça assim que abro meus olhos de manhã.
  Parece que eu estava adivinhando e justamente hoje você volta em minha vida de uma forma sutil, fazendo as duvidas voltarem. E eu te digo que eu estava tão bem...
  Mas talvez isso tudo não passe de ilusão, você também está bem agora, eu espero. Porque apesar de todo o mal que você me fez eu não te desejo mal algum, muito pelo contrario, espero que essa nova fase de sua vida te ensine a dar valor as coisa que estão ao seu lado, e que você não cometa o mesmo erro que cometeu quando quem estava ao seu lado era eu.
  Te desejo também toda a felicidade que eu não tive, dias alegres e noite tranquilas, companhias que se importem com o seu bem, uma família unida enfim, força pra te manter de pé, já que eu não posso mais ser forte por você, e amor, todo o amor que você não soube me dar.
  Estarei na torcida, de longe. E eu também não guardo ressentimentos, podemos ser 'colegas' então.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, volte sempre! *-*