13 de fevereiro de 2011

MEU eu.

  Eu darei risada do que não deveria ter graça,
E irei chorar mil vezes depois.
  E te abandonarei, 
Voltarei com lágrimas nos olhos.
  Sorrirei para esconder a solidão,
E me sentirei feliz quando estiver finalmente,sozinha.
Te amarei e odiarei,
Somente o fato de não te ter aqui comigo.
Farei promessas,
E te cobrarei as suas.
E se um dia você me disser que não poderá cumpri-las,
Irei embora,
Sem nem mesmo olhar pra trás.
E voltarei pra desabafar,
Pra repetir,
Hoje ainda,talvez amanhã,
Mas voltarei.
E sentirei medo,
E será sincero.
Medo de que tudo que citei a cima,
Realmente se cumpra.

Um comentário:

Obrigada por comentar, volte sempre! *-*