11 de fevereiro de 2011


  Feliz daquele que abraça simplesmente por não conseguir se manter distante.
  Feliz daquele que não tem a distância para atrapalhar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, volte sempre! *-*